Archive for the ‘Familia’ Category

Conversas…

Fevereiro 2, 2008

N*: Ó Mãe, gostas do carnaval?

I*: Ó fofinha, hoje em dia não aprecio muito.

N*: Eu gosto muito. Mas quando eras pequenina gostavas?

I*: Sim, pois era a única altura que a minha mãe me deixava pôr batôn dos lábios.

N*: E eu gosto muito, muito, pois posso mascarar-me e é quanto tu me deixas pintar as unhas.

Mensagem à parte, a I* foi mascarada à “espanhola” e estava linda de morrer!

Kitty!

Outubro 25, 2007

Ainda tenho de falar aqui sobre isto.

Não me esqueci e posso desde já salientar que apesar de todos os esforços que fiz, continuo em minoria e que a experiência apesar de tudo até têm sido muito boa 🙂

hello-kitty.jpg

Hoje

Outubro 8, 2007

Vamos fazer a primeira visita para a adopção de um gatuxo!. A I* está excitadíssima. 🙂

O nome do gajo!

Outubro 7, 2007

Agora, andamos às voltas para arranjar um nome para o gatuxo (mesmo sem ainda o termos adoptado). Resultado: Mais uma negociação a caminho!.

Se bem que ainda falta o essencial que é ter o “dito cujo”, ando a retirar ideias daqui, daqui e conto com a ajuda destes meus dois amigos aqui:

tico_teco.jpg

A lide da casa

Outubro 5, 2007

Hoje senti-me útil. Limpei, lavei e arrumei a casa em conjunto com a N* e para finalizar vou fazer um jantar italiano (Tortellini) para a famelga e amigos.

A teoria é que devia fazer isto mais vezes mas o facto é que não o faço. Porquê? Deixo a resposta para futuras dissertações.

Espero que a N* nunca leia este post 😉

Vitória! (que não a do glorioso)

Outubro 5, 2007

Como toda a gente sabe (inclusivamente as próprias gajas), viver numa casa sozinho com duas (leia-se mulher e filha) é obra e é inclusivamente um ponto de partida para um gajo ter uma canonização à certa.

Agora que elas querem adoptar um gato (coisa que concordei desde o primeiro minuto), movi influências, criei uma base de argumentação sustentada e posso dizer que consegui que fosse um gato gajo!!

Epah…o giro é que sinto que foi uma vitória!. Que venha ele 😉 🙂 .

Hoje é um dia especial!

Agosto 4, 2007

Finalmente a minha princesa chega de férias. Sensação ambivalente pois tão depressa desejo que ela esteja aqui ao pé de mim como sei que as férias lhe fazem muito bem pois sempre apanha carradas de Iodo e diverte-se muito mais visto que estamos a trabalhar.

No final de Agosto vamo-nos deforrar mas para já só nos resta ir atravessando o resto da “Silly Season”.

Até já filhota…o teu pai está cheio de saudades tuas.

Incondicional

Julho 1, 2007

O melhor da nossa vida são os nosso filhos!